Inventar e brincar plugado: uma proposta de atividades virtuais mão na massa

Um dos grandes desafios de propostas virtuais mão na massa é garantir que todas as crianças tenham acesso aos materiais e ferramentas necessários para participar das atividades propostas, pois cada criança está inserida em uma realidade da qual sabemos muito pouco, e não podemos considerar que todas têm acesso aos mesmos recursos.

Então como desenvolver atividades que garantam esse acesso, reconhecendo as diferentes realidades?

Essa é uma reflexão que pode abrir muitas portas para pensarmos como agir de forma criativa e também impulsionar o pensamento criativo das crianças.


Ao reconhecermos que a imaginação é um elemento fundamental para o desenvolvimento do pensamento criativo e deve ser a base de uma atividade mão na massa, podemos perceber que ela pode ser estimulada de diferentes formas que não necessariamente exigem materiais e ferramentas específicas.



Uma ideia simples e uma dinâmica leve e descontraída podem construir potentes espaços de aprendizagem que permita às crianças se conectarem com suas próprias ideias e construírem conexões entre os diferentes recursos que têm disponíveis: seus corpos, objetos cotidianos, linguagens e seus significados e o imaginário.


A partir dessa reflexão surgiu a proposta do Inventar e Brincar Plugado, uma série de encontros síncronos, trazendo a abordagem mão na massa no formato virtual, realizados com crianças de 6 a 12 anos da Vila Mirante, em Pirituba/SP. Encontros para explorar a criatividade e compartilhar ideias e criações! E muito especialmente, neste momento de pandemia, um motivo de encontro, partilha, rir juntos e desenvolver o gosto pela aprendizagem! A cada encontro crianças que não necessariamente se conhecem no presencial, têm a oportunidade de aprender a trabalhar em grupo e desenvolver processos criativos em um ambiente acolhedor onde cada um encontra seu lugar.



Um espaço precioso de conexão. Mesmo que on-line, há lugar para a escuta, para a interlocução, para a invenção, para a brincadeira, para a cultura da infância…

É uma alegria podermos proporcionar esses momentos e também usufruir deles como educadores sempre em transformação.




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo